Mercedes Soza, Guitarra Enlunarada ou Viola Enluarada, o Arrepio é Igual


Mercedes Sosa
São Miguel de Tucumã (Argentina), 06/07/1935
Buenos Aires (Argentina), 04/10/2009 

Viola Enluarada, a magnífica composição dos irmãos Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle, na voz da diva Mercedes Sosa.

Velho admirador dela, especialmente pelos clássicos mais conhecidos, fui surpreendido por essa gravação enviada pelo Carlinhos Brickmann, um querido amigo-irmão com o qual troco dicas de coisas boas para ouvir.

Viola enluarada
Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle

A mão que toca um violão
Se for preciso faz a guerra
Mata o mundo fere a Terra
A voz que canta uma canção
Se for preciso canta um hino
Louva a morte
Viola em noite enluarada
No sertão é como espada
Esperança de vingança
O mesmo pé que dança um samba
Se preciso vai à luta
(Capoeira)
Quem tem de noite a companheira
Sabe que a paz é passageira
Pra defendê-la se levanta
E grita
“Eu vou!”
Mão, violão, canção, espada
E viola enluarada
Pelo campo e cidade
Porta-bandeira, capoeira
Desfilando vão cantando
(Liberdade)
Quem tem de noite a companheira
Sabe que a paz é passageira
Pra defendê-la se levanta
E grita
“Eu vou”
Porta-bandeira, capoeira
Desfilando vão cantando
Liberdade
Liberdade
Liberdade

 

2 thoughts on “Mercedes Soza, Guitarra Enlunarada ou Viola Enluarada, o Arrepio é Igual

  • Avatar
    Mauricio dos Santos

    Para quem nasceu em 1954 e comecei a trabalhar em 06/02/1968 com carteira assinada na Cofap Cia Fabricados de Peças está melodia foi um afrontou ao sistema governista !!!!!!!!

    Responder
    • Gerson Guelmann
      Gerson Guelmann

      Acho que foi uma espécie de arroubo juvenil dos irmãos. Mas ignorando a letra, digamos, panfletária, e o fato de que cantora era de esquerda, a interpretação é magnífica.

      Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *